sábado, 16 de abril de 2011

Sensações

Ricas sensações,

Eram as minhas.

Tudo tão inefável.

Olhos e olhares.

Afagos e abraços.

Como a água esvaindo-se das minhas mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário